Textos,  Uncategorized

A Lata das Memórias

Olá!! 🙂

Hoje venho falar sobre algo que me fez voltar atrás no tempo… É verdade! Esta semana passei por uma experiência que me fez voltar aos tempos em que era uma menina de cinco ou seis anos que entrava na cozinha da avó e lhe abria os armários para ver o que de novo lá havia. E tudo devido a quê? A uma pequena lata onde guardo alguns dos ingredientes que uso nos doces que faço.

Todos nós já encontramos ao longo da vida coisas que nos fazem puxar da gavetinha das memórias aqueles momentos que nos encheram o coração, coisas simples, mas que no fim tiveram um grande papel no que nos tornamos em adultos ou que ainda nos fazem sentir como as pequenas crianças que fomos um dia. Às vezes o mais pequeno estímulo, um cheiro, um som, um sabor, funciona como uma máquina do tempo e ali vamos nós, num regresso ao passado…

Em pequena, passei muito tempo em casa dos meus avós, pais da minha mãe, e uma das coisas que eu mais gostava era de abrir o armário da cristaleira antiga da minha avó e descobrir o que lá estava dentro. Era lá que ela guardava os chás dela, algumas ervas secas, os ingredientes que ela usava em bolos e, por vezes, chocolates… Ainda me lembro de ela lá guardar os meus chocolates favoritos, os After Eight… Ainda hoje sou maluca por esses chocolates!! Aquele armário tinha o seu próprio cheiro, diferente de todos os outros naquela casa. Talvez uma mistura de coisas que lá tinha dentro, não sei, mas a verdade é que eu adorava e isso foi uma das coisas que ficou gravada na minha mente.

IMG_5403

Esta semana, quando estava a fazer um bolo, precisei de um ingrediente que guardo dentro de uma simples lata e, qual não foi o meu espanto quando, ao abrir a tampa, senti o mesmo cheiro que no passado me deixava tão feliz e com uma impressão na barriga de antecipação ao que poderia encontrar. Parece que, involuntariamente, acabei por juntar num único lugar os ingredientes necessários para formar aquele aroma da minha infância…

lata

E o que é que eu tenho dentro da minha lata? Bem, eu tenho lá, um pouco de côco ralado, chocolate em pó, cacau em pó, pau de canela, açúcar em pó, granulado de açúcar… Não sei se todos eles são os responsáveis pelo cheiro que me faz viajar no tempo, mas tenho a certeza de que os vou manter por lá!!

lata2

É a minha latinha que cheira ao armário da minha avó… A minha máquina do tempo guardada no armário da cozinha… Aquela que por uns breves momentos me fez sentir pequenina de novo e relembrar as memórias de uma menina feliz…

Filipa Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *