Em Português,  Livros

| Promessa de Veludo | Jude Deveraux – Opinião Literária

E se uma bela história de amor começasse com a promessa errada? Promessa de Veludo é essa história e vai deixar-vos rendidos! Jude Deveraux traz-nos uma história onde o amor e a obsessão se cruzam numa linha muito ténue. Será o amor capaz de superar a mentira e a intriga?

Promessa de Veludo

 

Título Original: Velvet Promisse

Série: Quarteto de Veludo

Volume: 1

Data de Publicação: agosto de 2018

Editora: Quinta Essência

ISBN: 978-989-741-983-6

 

Sinopse

Ela pertence-lhe. Mas ele pertence a outra. Gavin Montgomery está apaixonado. Jurou o seu amor eterno, está cego de paixão. Infelizmente, não é pela mulher que se encontra a seu lado no altar. Pois a sua amada Lady Alice casou com outro e ele pretende agora casar por conveniência, com uma jovem que está a ver pela primeira vez… Lady Judith, no entanto, é de uma beleza eletrizante. Basta um toque da sua mão para despertar em Gavin um desejo abrasador. Mas, ao descobrir que o marido ama outra mulher, Judith jura a si mesma que ele não verá senão ódio nos seus olhos. Terá de lhe oferecer o seu corpo, mas o coração? Nunca. O destino de ambos, porém, já está traçado. Será Gavin capaz de se libertar do feitiço de uma amante implacável? Com Promessa de Veludo, Jude Deveraux dá início a uma arrebatadora saga de família, plena de emoção e surpresas!

Texto retirado do site da Internet do Grupo Leya, aqui.

A História

Lady Judith preparou-se a vida toda para a viver os seus dias num convento. Quando o seu pai, após a morte dos seus dois irmãos, surge com a ideia de providenciar um casamento para si, a sua primeira reação foi dizer não. Mas não demorou muito para perceber que o pai não estava a fazer uma sugestão… Estava a dar uma ordem. Depois de conhecer o seu noivo, não lhe pareceu uma ideia tão má passar o resto da sua vida ao lado desse desconhecido. Até que… O ouve, no dia do próprio casamento, a prometer amor eterno a outra mulher… Nesse momento, ela própria faz a sua promessa. O coração dela nunca será dele.

Logo após ver recusada a sua proposta de casamento à mulher que ama, Gavin Montgomery submete-se a um casamento por conveniência. No entanto, o seu coração permanece entregue à mulher que jurou amar para sempre. Aos seus olhos, Alice é linda, pura, frágil, delicada e uma vitima das ordens e agressões do pai. Como poderia imaginar que essa imagem que formou na sua cabeça não poderia estar mais longe da realidade?

Surpreendentemente, para além da beleza, Alice não tem mais nada. Com uma personalidade manipuladora, está habituada a ter tudo o que quer, quando quer… E Gavin não é excepção!

Opinião

Lady Judith foi uma personagem que me cativou pela sua força. Ela foi preparada a vida toda para entrar num convento, mas a vida trocou-lhe as voltas e ela acabou casada com um desconhecido. Apesar de ser abandonada pelo marido à porta da sua nova casa pouco tempo após o casamento, não se deixou abater e arregaçou as mangas. Usou os seus conhecimentos para dar sugestões úteis aos trabalhadores e melhorar o desempenho daquela que agora era a sua casa.

Gavin foi uma personagem exasperante, na minha opinião. A forma cega como ele reagia sempre que alguém o tentava alertar sobre a Alice chegava a ser um pouco absurda. Ele criou uma imagem de alguém que não existia a demorou muito tempo a abrir os olhos.

Alice foi uma vilã tão boa que me fez realmente odiá-la. Desde a primeira vez que ela surge, logo no inicio do livro que as suas atitudes premeditadas e maquiavélicas me fizeram sentir um frio no estômago. Com o fim de obter tudo o que quer, ela não olha a meios nem mede as consequências do que faz e isso torna-a um ser desprezível.

******

Este foi um livro que me atraiu pela sua história dramaticamente envolvente! Não se trata de um casal que se limitou a ficar apaixonado à primeira vista, não! Na realidade, eles casaram à primeira vista e tudo o resto veio depois.

Outro aspeto que me agradou foi a relação de amizade que Judith desenvolveu com os irmãos de Gavin. Os momentos passados entre eles são leves e divertidos, um contraste com os momentos passados com o marido.

Apesar de tudo, não posso dizer que fiquei surpreendida com o final. Aliás, estava à espera de algo assim! O final da vilã foi o que se pode chamar de justiça divina, uma vez que ela se servia da sua beleza para conseguir realizar as suas artimanhas e essa beleza acabou.

Promessa de Veludo é um livro que aconselho vivamente a todos os que gostam de romances históricos! É cativante, envolvente, emocionante e certamente não se vão arrepender!

*******

Por fim, esta leitura aguçou-me a curiosidade para saber como o irmão de Gavin, Stephen, se vai safar no seu próprio casamento (ao qual chega com alguns dias de atraso)… Vou ficar à espera do segundo!

Nesse meio tempo, enquanto aguardamos pela chegada do próximo, poderão ler mais dos meus comentários literários a partir deste link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *