Em Português,  Livros

|Viver Depois de Ti| Jojo Moyes – Opinião

Viver Depois de Ti dispensa apresentações, certo? Este foi um dos livros que li este mês, mas tive algumas reticências em fazer a sua leitura… Mesmo com a maior parte das criticas a caracterizá-lo de espetacular para cima… Querem saber o porquê? Mais abaixo conto tudo!

Viver Depois de Ti

 

Titulo original: Me Before You

Autora: Jojo Moyes

Data de publicação: dezembro de 2018

Páginas: 424

Editora: Porto Editora

ISBN: 978-972-0-04898-1

Onde comprar: WOOK | Porto Editora

Sinopse

Louisa Clark é uma jovem com uma vida banal – um namorado estável, trabalhador e uma família unida – que nunca saiu da aldeia onde sempre viveu. Quando fica desempregada, vê-se obrigada a aceitar um emprego em casa de Will Traynor, que vive preso a uma cadeira de rodas, depois de um acidente. Ele sempre tinha vivido de um modo trepidante – grandes negócios, desportos radicais, viajante incansável – agora tudo isso ficou para trás.

Will é mordaz, temperamental e autoritário, mas Lou recusa tratá-lo com complacência e em breve a felicidade e o bem-estar dele tornam-se muito mais importantes do que ela esperaria. No entanto, quando Lou descobre que Will tem planos inconfessáveis para a sua vida, ela luta para lhe mostrar que ainda assim vale a pena viver.

Em Viver depois de ti, Jojo Moyes aborda um tema difícil e controverso, com sensibilidade, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências.

Texto retirado do site da Porto Editora, disponível neste link.

Opinião
Porque eu estava reticente em fazer a leitura?

Embora ainda não tivesse lido, eu sabia perfeitamente qual o resumo da história e, invariavelmente, sabia também qual era o seu final… Sim, existe uma grande quantidade de spoilers por aí sobre esta história… xD Eu sou uma romântica assumidíssima e incorrigível e finais felizes é o que eu mais gosto… Então, quando eu ouvi o que acontecia fiquei de pé atrás e desde então tenho travado uma batalha interna para decidir se o deveria ler ou não. Optei pelo sim e, sinceramente, não me arrependo…

A história

A história é tudo o que eu estava à espera… Comovente, divertida, apaixonante… Muito embora eu já soubesse o desfecho, dei por mim a meio a da leitura a desejar que fosse diferente… Senti que, emocionalmente, me juntei à Louisa na sua jornada para mostrar que a vida ainda valia a pena ser vivida.

Mas o Will não cedeu… Eu já sabia, mas lê-lo aumentou a minha deceção relativamente ao rumo que a história tomou… Mas, quem o poderá culpar pela sua decisão? Foi aqui que realmente me senti dividida… Antes da leitura, eu era tão contra as atitudes dele… Mas com a leitura, fiquei a compreender melhor o seu lado. Claro que continuo a acreditar que o amor é superior à capacidade física, mas estaria a ser hipócrita se não dissesse que o meu lado mais racional me faz compreender a sua posição.

Espero nunca vir a estar na situação dele (momento de bater na madeira), mas se estivesse, que posição tomaria? O verdadeiro problema destas questões profundas é que, normalmente, todos temos opiniões muito fundamentadas a respeito do que achamos correto e incorreto… Pelo menos até que ao momento em que nos perguntam, “E se fosse contigo, han?” Nesses momentos, é frequente ficamos momentaneamente mudos ou engasgados com as nossas verdades absolutas, porque quando é connosco, o caso muda de figura, não é? É por isso que iniciei a leitura a acreditar que o Will não era mais do que uma personagem com pena de si próprio, mas acabei a perceber um pouco mais do seu lado…

Se não fosse tão difícil escolher um lado da questão, não seria uma questão importante, não é verdade?

Opinião

Como já devem ter percebido, este foi um livro que me prendeu do inicio ao fim. Envolveu-me e emocionou-me… Enfim, “deu cabo” do meu lado emocional todo… Embora a leitura me tenha feito perceber melhor o lado do Will, ainda preferiria a versão mais romântica da história… Não me entendam errado, eu não estou a contradizer-me… Compreendi o lado dele e, na vida real, não sei o que optaria por fazer… Mas leitura, para mim, é quase como um escape de coisas menos boas que acontecem no dia a dia! Daí eu ser tão viciada em finais felizes na ficção e desejar que estes personagens tivessem encontrado os seus, juntos…

Este é um livro que recomendo muito! Ele vai fazer os seus leitores repensarem na sua maneira de ver a vida e no que é realmente importante! Foi o que aconteceu comigo… E agora quero muito saber o que aconteceu com a Louisa!

*******

Podem ler mais das minha opiniões seguindo este link!

2 Comments

  • Catarina Cardeira

    Compreendo perfeitamente l que dizes em relação à decisão do Will. Aliás acho aue um dos motivos por gostar tanto deste livro é esse. Faz-nos pensar em coisas que nós nunca pensaríamos e em dificuldades que nunca tivemos (e esperemos nunca ter).
    Eu não sei quanto a ti, mas a mim também me fez pensar em como a vida é tão frágil e tudo pode mudar de um momento para o outro e temos mesmo de aproveitar bem enquanto cá estamos!!
    Gostei muito da review e espero que leias o os outros dois livros ( e não desistas no segundo, trust me vale a pena!!) #LiveBoldlyClark

    • FilipaMarques

      Verdade! Este livro tem essa capacidade de nos fazer reflectir sobre o quão ténue é a linha entre a vida e a morte…
      Vou começar em breve o segundo livro!
      Fico muito feliz por teres gostado! Obrigada pelo comentário! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *