Em Português,  Livros

| Mil Beijos | Tillie Cole – Opinião Literária

Pode o teu primeiro amor ser o único da tua vida? Se contasses os beijos memoráveis que já recebeste, quantos seriam? Cem? Duzentos? Quinhentos? Mil Beijos? Poppy tem um frasco onde deve guardar os seus mil beijos de fazer tremer o chão, conseguirá ela preenchê-lo?
Mil beijos

 

Título Original: A Thousand Boy Kisses

Autor: Tillie Cole

Data de Publicação: maio de 2019

Páginas: 368

Editora: Quinta Essência

ISBN: 978-989-780-089-4

Onde comprar: | WOOK |

Sinopse
Um rapaz.
Uma rapariga.
Um elo que se forma num segundo. Um amor que nem o tempo ou a distância poderão destruir, pois é eterno…
O jovem Rune Kristiansen está de regresso a Blossom Grove, na Georgia. Foi nessa pacata vila que, com apenas cinco anos, conheceu o amor da sua vida: Poppy Litchfield. Foi lá que cresceram juntos, que planearam um futuro a dois. Quando Rune foi obrigado a partir, os jovens trocaram juras de amor eterno. Poppy prometeu esperar… e subitamente, deixou de dar notícias.
O que terá levado Poppy a remeter-se ao silêncio? Como pode ela ter esquecido tudo o que viveram juntos? Para poder avançar com a sua vida, Rune está decidido a deslindar o mistério do afastamento de Poppy. E também completar uma estranha e já antiga missão.
Mas Rune não podia adivinhar que o pior golpe ainda está para vir…
Depois de ler Mil Beijos, dificilmente irá esquecer o nome da sua autora, Tillie Cole. Vai rir, vai chorar, e vai reviver também o grande amor da sua vida…
Texto retirado do site da editora Leya Online, disponível neste link.
Opinião

Devo dizer que este livro tem uma carga emocional gigante. Desde o inicio da leitura que sentimos o coração apertado e é assim que ele permanece até ao final da história. Acreditem em mim, ele é intenso!

Começa com uma criança, a Poppy, que é muito pequena para perceber o porquê de estar a perder a sua melhor amiga, a sua avó. Esse foi o primeiro momento em que o meu coração apertou… Já todos perdemos alguém importante na nossa vida e sabemos a dor que isso causa… Também sabemos que para uma criança é sempre mais complicado… É impossível não sentir pena da pequena Poppy quando ela perde uma das suas referências…
Quando estávamos prestes a recuperar dessa perda, passamos por uma separação que nos deixa com uma sensação de impotência… Finalmente o reencontro acontece, mas a pior das noticias surge…
Reconheço que fiquei muito triste quando li aquelas duas palavras escritas em letras maiúsculas, ainda antes de metade da história ter decorrido… Percebi imediatamente que o resto da história seria em volta da promessa que a Poppy fez à sua avó e da vontade de a cumprir antes que fosse muito tarde.
***
Confesso que assim que cheguei àquela parte ponderei abandonar a leitura, pelo menos por algum tempo… A verdade é que não sou grande fã de livros que sei que me deixarão deprimida quando acabar de os ler e estava numa fase em que a última coisa que precisava era de algo assim… Mas acabei por não resistir e li tudo até ao fim.
O resultado desta leitura foi obviamente o esperado… Já disse que este livro nos deixa de coração apertado?
Não chorei, como a maior parte das pessoas que leram esta história afirmam, mas fiquei muito emocionada… Apesar de já calcular como se desenvolveria o resto do livro, a autora ainda foi capaz de me surpreender com um pormenor no final…
***
Finais à parte, o desenrolar da história tem um lado muito doce. Tudo o que foram fazendo para irem enchendo o frasquinho com os beijos inesquecíveis foi adorável, mas existiu sempre o fantasma do final precoce a pairar sobre os personagens. A Poppy e o Rune põem à prova o nosso lado mais sensível com o seu romance intenso.
O Rune deu à Poppy os melhores momentos que ela poderia ter pedido na vida, de uma forma mágica e apaixonada!
***
Admito que imaginei que, num futuro longínquo, o Rune iria ser velhinho e ainda guardaria o precioso frasco dos mil beijos. Nessa altura, teria os seus próprios netos à sua volta a perguntar-lhe sobre o seu significado e ele explicaria… Não foi o que aconteceu… De todo…
Até agora, ainda é difícil para mim decidir o que achei daquele final… Sabem aqueles livros que vocês acabam e pensam “Nossa, que lindo!”, mas ao mesmo tempo também pensam “WTF?!”. Aconteceu-me isto com esta leitura. Não fiquei automaticamente apaixonada como a maior parte das pessoas que leram este livro… Acho que me fico pelo estado “É complicado!”… xD
No fim, não pude deixar de me perguntar, afinal, para que serve um frasco de beijos inesquecíveis se não existe ninguém para o relembrar?
***
Se já leram e gostaram do livro “Um momento Inesquecível” do escritor Nicholas Sparks e gostaram, certamente que vão gostar deste livro!
***
Podem ler mais das minhas opiniões clicando neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *