Em Português,  Livros,  Romances de Época

| Pele de Veludo | Jude Deveraux – Opinião

Pele de Veludo é o segundo volume de uma série de livros da autora Jude Deveraux e o primeiro que nos leva numa viagem pelas Terras Altas… Conseguem encontrar a minha opinião ao primeiro livro clicando neste link!

Pele de Veludo

Título Original: Highland Velve

Autora: Jude Deveraux

Data de Publicação: março de 2020

Série: Quarteto de Veludo

Volume: 2

Páginas: 352

Editora: Quinta Essência

ISBN: 9789896607753

Versão: E-book

Onde comprar: WOOK | LeyaOnline

Sinopse
Eram tempos de tormenta…
A rivalidade comandava a vontade dos homens.
A vingança pulsava no coração das mulheres.
Bronwyn MacArran é uma orgulhosa escocesa. Stephen Montgomery é inglês, e por isso, o seu pior inimigo.
Stephen chega à Escócia no papel de conquistador. Quando vê Bronwyn pela primeira vez, é ele quem fica conquistado. Mas ela detesta-o desde o início.
Bronwyn é fogosa e intrépida, capaz de levar qualquer homem à loucura. O fogo até pode definir o que sente por Stephen, mas é – e será sempre! – o fogo da ira…
Enquanto clãs se defrontam, enquanto irmãos pegam em armas para matar irmãos, o destino de ambos vai sendo traçado… e este destemido guerreiro jura fidelidade à sua amada, nunca desistindo de transformar a frágil chama do amor de ambos num brilho eterno…
Texto extraído da página online da editora Leya, disponível neste link.
Opinião
Pele de Veludo é um romance de época um pouco diferente do habitual… Por norma, encontramos histórias onde as personagens femininas, por mais fortes que sejam, acabam por se moldar um pouco aos mundos em que os personagens masculinos vivem. Neste livro tudo acontece ao contrário. É Stephen quem muda de casa, de país, de costumes, tudo para ser aceite por Bronwyn, a sua noiva, e todo o seu clã.
Depois de se atrasar para o seu próprio casamento (com um motivo que é perfeitamente aceitável e explicado no primeiro livro xD), Stephen descobre uma noiva não muito feliz por o encontrar. Depois de algumas peripécias, acabam por se casar e ele passa a ter, não só uma esposa cuja confiança precisa ganhar, mas todo um clã que não confia no estrangeiro imposto pelo rei.
***
Toda a jornada do Stephen para conquistar o respeito dos homens que agora também eram parte do seu povo foi uma das coisas que mais gostei de ler. Stephen é um personagem com um magnetismo gigante e uma grande força de vontade em fazer o correto. Foram algumas pequenas coisas da sua autoria que fizeram o seu novo clã perceber que uma nacionalidade não define se a pessoa é boa ou não e por isso gostei muito de acompanhar a sua evolução e capacidade de adaptação.
Para dizer a verdade, foi a Bronwyn quem me desapontou um bocadinho… Esperava uma mulher forte, sábia e habituada a lidar com as suas pessoas, mas, em vez disso, ela mostrou-se muito insegura no que diz respeito à sua posição no clã. Toda aquela fixação em “mostrar” que era ela quem mandava colocou-a frequentemente em perigo desnecessário. Compreendo o porquê de a personagem querer afirmar a sua posição, mas a realidade é que muitos dos seus atos foram irrefletidos e algumas pessoas ficaram em perigo por causa disso.
Ainda assim, gostei de ver a interação entre o casal da história e como os sentimentos entre ambos foi aumentando ao longo do desenrolar da história.
***
Gostei desta história, mas devo confessar que, neste momento, o meu livro favorito da série é o primeiro… Aguardemos para ver o que os outros irmãos nos reservam!
*******

Podem ler mais opiniões a outros livros da autora Jude Deveraux clicando neste link!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *