Em Português,  Livros,  Sugestões

| A Harpa dos Reis | Juliet Marillier – Opinião

A Harpa dos Reis é o primeiro de uma série de livros da autora Juliet Marillier que prometem dar que falar!

A Harpa dos Reis

Título Original: Harp of Kings

Autor: Juliet Marillier

Série: Bardos Guerreiros

Volume: I

Data de Publicação: julho de 2020

Páginas: 456

Editora: Planeta Manuscrito

ISBN: 978-989-777-386-0

Onde comprar: | WOOK |

Sinopse

Uma jovem é ao mesmo tempo bardo e guerreira nesta emocionante fantasia histórica da autora de Sevenwaters.

Liobhan, de dezoitos anos, é uma cantora possante e toca muito bem flauta. O irmão possui uma voz que derrete o coração mais duro e é um talento raro na harpa. Mas a grande ambição de Liobhan é ingressar no grupo de guerreiros de elite da Ilha dos Cisnes. Ela e o irmão treinam na ilha para competir por lugares no grupo quando são convocados para uma missão apesar de ainda serem candidatos. A sua invulgar combinação de aptidões torna-os ideais para esta tarefa específica, que exige disfarçarem-se de menestréis ambulantes. Porque a Ilha dos Cisnes treina guerreiros, mas também espiões.
A sua missão é encontrar e recuperar uma harpa preciosa, um símbolo antigo da realeza, que desapareceu. Se o instrumento não for tocado na próxima coroação, o pretendente ao trono não será aceite e o reino cairá no caos. Confrontada com cortesãos conspiradores, druidas pouco faladores, uma contadora de histórias perspicaz e um príncipe herdeiro grosseiro, Liobhan depressa percebe que um poder do Outro Mundo pode estar a intrometer-se nos assuntos do reino.
Quando a ambição entra em conflito com a consciência, Liobhan tem de tomar uma decisão ousada e as consequências poderão partir-lhe o coração.

Texto extraído do site da livraria online WOOK, disponível neste link!

Opinião

Este foi o primeiro livro que li desta autora, portanto, apesar de conceituada, é uma perfeita desconhecida para mim… xD Não conheço nenhum dos seus trabalhos anteriores, mas a curiosidade por conhecer mais sobre eles ficou bem plantada, com a leitura deste livro. Embora seja um dos meus géneros favoritos, fantasia não é algo que leia muito frequentemente, por isso, A Harpa dos Reis também serviu para matar um pouco as saudades.

Devo confessar que demorei um pouco a entrar na história, mas, assim que entrei, não fui capaz de parar. A heroína da história é uma guerreira e treina para ser a melhor. O livro inicia com os seus treinos para a competição que irá selecionar os novos guerreiros da Ilha dos Cisnes e, de longe, todos percebem o quanto Liobhan se destaca, pela positiva.

Na verdade, achei estranho o facto de, antes mesmo de saber se passou a ser uma das novas guerreiras ilha ou não, a terem enviado, juntamente com o seu irmão e Dan, para uma missão como infiltrada.  Nenhum dos três tinha passado ainda essa fase de testes, mas ainda assim abraçaram a missão onde deviam procurar e encontrar a Harpa dos Reis com ambos os braços. Afinal, em causa estava a eleição, ou não, de um novo rei.

Liobhan é uma personagem ardilosa, capaz, forte, determinada e focada em ser cada vez melhor. Basicamente, uma personagem cheia de girl power!

***

Como já referi, demorei um pouco a entrar no ritmo da história… Não sei se por estar com pouco tempo para ler, na altura, e não ser capaz de ler mais do que umas poucas folhas de cada vez, mas a verdade é que isso foi completamente compensado a partir do momento em que me tornei inseparável da história.

A minha personagem favorita é, sem qualquer dúvida, a Liobhan, com toda a sua força, garra e determinação! No entanto, confesso que o Dan, que no inicio me irritava um pouco, acabou por também cativar a minha atenção. Passou de irritante a amigável e de amigável a queridinho, quando finalmente percebeu o quão digna de mérito a Liobhan era! 🙂

Mistério é algo que rodeia a história, do inicio ao fim, o que, ma minha opinião, serviu para tornar o seu enredo ainda mais envolvente… Os laços familiares também assumem um papel de destaque na trama a vários níveis e algumas atitudes são tomadas a fim de os proteger. Vá, eu sei que esta frase é super vaga, mas não quero dar Spoilers!! xD

***

Por último, devo confessar que antipatizei completamente com aquele herdeiro do trono miserável e que já estava farta das suas atitudes medíocres! É, sem dúvida, das piores personagens do livro… :/

No final, já só pensava que mal podia esperar pelo próximo para continuar a acompanhar as aventuras da Liobhan! Eu quero muito que o seu lançamento aconteça em breve! 🙂

*******

Podem ler mais das minhas opiniões seguindo este link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *