Em Português,  Livros,  Romance,  Romances de Época,  Sugestões

| Conquistar um Sedutor | Nicole Jordan – Opinião

Conquistar um Sedutor é o quarto livro da série Duelos de Sedução da autora Nicole Jordan e ganhou o meu titulo de favorito da série! Este é o meu novo queridinho desta série, destronando o seu antecessor, que vale muito a pena ser lida por todas as pessoas com interesse por Romances de Época!

Conquistar um Sedutor

Título Original: To Romance a Charming Rogue

Autora: Nicole Jordan

Data de Publicação: março de 2021

Série: Duelos de Sedução

Volume: IV

Páginas: 256

Editora: Manuscrito

ISBN: 9789897544798

Onde comprar: WOOK | Editorial Presença

Sinopse

Será possível despertar o amor num homem seguindo os conselhos de um livro? Depois de ler um manual que está a granjear enorme sucesso entre as debutantes de Londres, Eleanor Pierce decide experimentar as sugestões da autora com um belo príncipe italiano. Mas, de repente, reaparece na sua vida o ex-noivo, Damon Stafford, visconde de Wrexham, a tentar de todas as formas atrapalhar a sua relação com o nobre pretendente.

Damon não perdeu a capacidade de causar estragos, nem o encanto e a desenvoltura que dois anos antes a fizeram apaixonar-se perdidamente por ele. E quando o fogo da paixão se reacende, Eleanor começa a perguntar-se se não deveria mudar de objetivo.

Texto extraído da página online da editora Presença, disponível neste link.

Opinião

Eleanor e Damon têm uma história diferente do normal para os casais deste tipo de livros… Ambos já se conhecem e já estiveram noivos, mas romperam o compromisso dois anos antes da ação desta história.

Já conhecia a Eleanor dos livros anteriores desta série, e tinha gostado particularmente da sua intervenção no terceiro livro, Suave Conquista. Ela é a irmã mais nova de Marcus, o nosso herói do primeiro livro, Prisioneiros do Amor e, por isso, já uma velha conhecida de quem leu os primeiros livros. Já tinha um gosto particular por ela, mas intensificou-se com esta leitura.

***

Elle, tal como Damon a trata, embora solteira, não é uma menina inocente que não sabe o que quer da vida. Pelo contrário! Ela decidiu que não iria casar, a menos que fosse por amor e assim será! Para isso, vai seguindo os ensinamentos do livro escrito pela Fanny, a fim de fazer o príncipe Lazzara apaixonar-se por si. Mas eis que Damon regressa, determinado a boicotar todas as tentativas de sedução dela.

Embora não goste de o admitir, volvidos dois anos do seu rompimento, Elle continua apaixonada por Damon. Disfarça esse facto com uma irritação e frustração que são justificáveis com o escândalo ocorrido há dois anos.

Damon é um personagem com um passado que o deixou quebrado e com medo de voltar a amar… Por esse motivo, ele fechou-se na sua concha há dois anos e quer fazer o mesmo desta vez, mas a sua atração por Eleanor não permite que assim seja. Gostei do seu lado bondoso, oculto de grande parte das pessoas, e gostei de acompanhar a Elle enquanto ela o ia descobrindo aos poucos…

Damon e Elle não são desconhecidos… Já se conhecem e já estiveram noivos antes. Por esse motivo, este livro é tão diferente dos que costumamos encontrar neste género. Geralmente, estamos habituados a casais que se conhecem pela primeira vez, que se vão descobrindo e conhecendo aos poucos e, com isso, levando o leitor a entrar lentamente no seu romance e clima de sedução. Em Conquistar um Sedutor isso não acontece, uma vez que, quando entramos na história, já existe todo um historial conflituoso e fogoso entre os dois. Enquanto leitores, somos atirados para uma relação acesa de dois personagens que fingem não gostar um do outro, mas que não conseguem se abstrair da presença mútua.

***

Confesso que nunca cheguei sequer a considerar o príncipe italiano como uma opção para a Elle… Ele foi sempre uma personagem tão ‘nhé’ que não fez sombra ao Damon. Não tinha estaleca para a acompanhar… De todo! Ainda assim, serviu o seu propósito de fazer o nosso herói masculino acordar para a realidade de estar prestes a perder a mulher que amava para outro. Também foi útil para proporcionar alguns momentos de comédia, uma vez que, sempre que a Elle tentava uma das medidas sugeridas no livro de Fanny, existia sempre um boicote engraçado e embaraçoso promovido por Damon. A juntar a isso, o facto de estar a ser vítima de alguns “atentados” serviu para acrescentar algum drama à história…

Tess, a prima de Damon, foi outra personagem muito referenciada neste livro e confesso que mal posso esperar para ler o seu livro, embora se trate do último da série! (Sim! Já fui pesquisar!) À semelhança de Elle, Tess também tem  participação nos livros anteriores desta série, por isso é uma personagem que já conhecia e de quem gosto bastante.

Neste livro foi ainda introduzido o personagem principal masculino do próximo livro, o Conde de Haviland. Devo acrescentar que foi um personagem que me deixou intrigada… Não teve grande destaque, mas foi o suficiente para me deixar curiosa.

***

De uma forma geral, gostei da forma como a autora conduziu a história, da elaboração dos personagens, do enredo, do pequeno drama, da sedução, dos pequenos momentos cómicos… Gostei genuinamente do tempo que passei a ler este livro e, no final, converti-o no meu favorito da série! Tem personagens sólidos e determinados, com os seus fantasmas, é certo, mas dispostos a lutar contra eles. Um livro que recomendo bastante! Tal como os anteriores da mesma série!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.